SARGS Sociedade de Anestesiologia do RS
 
Esqueceu a senha?
Conheça a SARGS
Associados
Ações da Diretoria
Histórico
Notícias
Centros de Ensino
Área Científica
Entrevista do Mês
Seja Sócio
Links Úteis
Oportunidades
Comunicados
Anuidade


 

Santa Maria - Hospital Universitário

O Centro de Ensino e Treinamento em Anestesiologia Prof. Manoel Alvarez foi criado há mais de 30 anos e é o primeiro programa de Residência Médica da Universidade Federal de Santa Maria. As atividades desenvolvidas pelo CET abrangem a teoria para a formação de um anestesiologista, bem como o desenvolvimento dos programas estabelecidos pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia e Comissão Nacional de Residência Médica. As atividades práticas são desenvolvidas como treinamento em serviço, sob a supervisão de médicos docentes da disciplina de Anestesiologia e de médicos contratados do Serviço de Anestesiologia do Hospital Universitário de Santa Maria.

Todos os médicos graduados em medicina, no Brasil, estão capacitados a prestar concurso para ingresso nos programas de Residência Médica. O processo de seleção segue as normas estabelecidas pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), que compreende uma prova de conhecimentos, envolvendo as áreas de clínica médica, cirúrgica, pediátrica, ginecológica e de obstetrícia, psiquiatria e epidemiologia, com peso 9, além da avaliação de currículo, com normas previamente estabelecidas e divulgadas para os candidatos, com peso 1. Até o momento, a prova de conhecimentos utilizada para o concurso de residência médica da UFSM tem sido a da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), que contempla o programa estabelecido pela CNRM.

A médica responsável pelo CET, Dra. Míriam Seligman de Menezes, enfatiza que por tratar-se de um hospital público e de referência na cidade e localidades vizinhas, existe um movimento cirúrgico grande, tanto de pacientes internados, como ambulatoriais, eletivos e urgências, permitindo ao médico residente praticamente toda a sua formação em um único hospital, sem a necessidade de deslocamentos. “Aliado a isso, por tratar-se de um Hospital Universitário, existe uma maior interação entre as diferentes especialidades, permitindo uma maior troca de conhecimentos, além do incentivo à pesquisa”, afirma.

A criação do ambulatório de visita pré-anestésica e a habilitação do Serviço de Dor, como referência para treinamentos, são aspectos que modernizam e diferenciam o CET. Entretanto, a escassez de verbas para os hospitais públicos - fazendo com que haja, freqüentemente, falta de medicamentos, aparelhagens e falta de padronização de novos agentes anestésicos, o número reduzido de procedimentos anestésicos em cirurgias cardíacas e neurológicas, suprido pela liberação dos médicos residentes para estágios opcionais fora do CET e o déficit de pessoal pela não reposição de vagas de aposentadorias - têm sido a maior deficiência atual.

A anestesiologista destaca a promoção de atividades científicas também no interior, ou em dias da semana que possibilitem a ida dos colegas para Porto Alegre, como às sextas-feiras, como um dos aspectos importantes para uma relação mais próxima da SARGS com o CET.

CET DO SAMPE - Serviço de Anestesia e Medicina Perioperatória do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

O Serviço de Anestesia e Medicina Perioperatória (Sampe) do Hospital de Clínica de Porto Alegre foi o primeiro Serviço de Anestesia do Brasil a ter inserido o termo Medicina Perioperatória em seu nome e em seu escopo de atuação. Com coordenação da Dra. Patrícia Wajnberg Gamermann, o SAMPE desenvolve atividades assistenciais de alta complexidade, como anestesia para transplantes, cirurgia cardíaca e cirurgia robótica. O serviço ainda é referência para procedimentos obstétricos e pediátricos de alto risco.

O Sampe oferece o Programa de Residência Médica em Anestesiologia, que conta com a preceptoria dos anestesistas do Hospital de Clínicas e dos professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e que figura há anos entre os melhores centros do país pela classificação da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA).

A área de atuação do Sampe engloba diferentes áreas do hospital, como os centros cirúrgicos, serviços diagnósticos e métodos não-invasivos. Entre as atividades específicas estão Ambulatório de Avaliação Pré-anestésica (APA), Unidade de Recuperação Pós-anestésica (Urpa), Equipe de Cuidados Pós-anestésicos (CPA) e a Subcomissão de Segurança e Qualidade (sCOMSEQ) SAMPE.

Porto Alegre - SANE

O CET da Sociedade de Anestesiologia (SANE) conta com um quadro amplo de ações. As atividades teóricas desenvolvidos pelos residentes se baseiam principalmente em reuniões científicas que acontecem semanalmente, quando são discutidos casos clínicos, complicações, além de novas técnicas de anestesia e algum assunto de relevância médica atual. Também são realizados seminários, com a participação dos residentes e sob a coordenação de um instrutor.

Existe um programa teórico próprio para cada ano de estágio, com conteúdos divididos em tópicos e desenvolvidos ao longo do ano. Ao final de dois tópicos, é realizada uma prova com questões abordando as temáticas discutidas. Caso a média dos residentes tenha sido baixa, é feito um trabalho de recuperação sobre o assunto abordado. Além disso, os médicos estagiários fazem, a cada mês, uma espécie de ensino à distância proposto pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

Na parte prática, os residentes são divididos em quatro grupos, desempenhando suas atividades no Instituto de Cardiologia, Hospital Ernesto Dornelles e Pavilhão Pereira Filho. O quarto grupo é formado por três residentes chamados de coringas. Eles executam suas atividades em outros hospitais, em regime de plantão. “Geralmente fazem um plantão por semana e também um final de semana por mês. A carga horária varia de acordo com a demanda dos serviços. Podem trabalhar tanto 6 como 18 horas”, explica Airton Bagatini, co-responsável pelo CET.

O processo de seleção conta com três bancas de avaliação. Uma delas elabora, aplica e corrige as provas. Os assuntos tratados no exame são semelhantes aos utilizados na prova da AMRIGS. A outra banca avalia os currículos dos candidatos e a terceira faz uma entrevista com prova oral. Após o processo, as três bancas se reúnem e apresentam as notas. Os residentes com os melhores resultados são selecionados. O diferencial do SANE é a especialidade em anestesia para cirurgias cardiovasculares e torácicas. Além disso, o CET tem a preocupação de preparar os residentes para a realidade que vão enfrentar nos hospitais. “Nós prezamos muito pelo convívio dos residentes com os demais hospitais, para que eles não fiquem restritos a um hospital escola. Assim eles trabalham tanto com pacientes previdenciários quanto particulares”, salienta.

Para Bagatini, o mais importante da relação SARGS e CET é a promoção de atividades científicas que venham a integrar os médicos estagiários no seu convívio com os anestesiologistas.

Porto Alegre - Faculdade de Ciências Médicas Hospital Sede: Complexo Hospitalar Santa Casa

O Centro de Ensino e Treinamento da Faculdade de Ciências Médicas, que tem como hospital sede o Complexo Hospitalar Santa Casa, oferece a seus médicos residentes diversas especialidades em anestesiologia. Na prática, o CET dispõe atendimento anestesiológico peri-operatório em cirurgia geral e nas diversas especialidades cirúrgicas; atendimento em consultório de avaliação pré-operatória ambulatorial (APOA), com consultoria e orientação de especialidades clínicas quando necessário; atendimento na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) e unidade de tratamento intensivo pós-operatório (UTI pós-operatória), 24h/dia; atendimento em clínica de dor aguda e crônica; analgesia e anestesia obstétricas na Maternidade Mário Totta e estágio em anestesiologia para especialidades cirúrgicas: cirurgia pediátrica (Hospital Santo Antônio), cirurgia torácica (Pavilhão Pereira Filho), Neurocirurgia (Hospital São José), cirurgia cardíaca (Hospital São Francisco), cirurgia de transplantes (Hospital São Francisco e Dom Vicente Scherer) e estágio em Unidade de Tratamento Intensivo Geral (UTI Geral).

Na parte teórica, o CET oferece diversas atividades, como trabalhos científicos de pesquisa farmacológica nas áreas de avaliação pré-operatória, analgesia obstétrica, clínica de dor e anestesia com baixos fluxos, além de cursos anuais com as seguintes temáticas: anestesia com baixo fluxo de gases, curso de tratamento de dor, curso de analgesia e anestesia obstétrica e curso de avaliação pré-operatória.

O processo de seleção do CET consta de duas etapas. Na primeira, de peso 9, o candidato faz a prova de seleção da AMRIGS, quando são selecionados 15 candidatos para a etapa seguinte. Na segunda parte do processo, de peso 1, é feita uma entrevista e a análise do currículo. A classificação final é feita pela média ponderal entre as duas etapas. Os três candidatos melhor classificados têm seus ingressos aprovados no CET. O curso de especialização tem a duração de três anos e oferece três vagas anuais.

 

 

Sociedade de Anestesiologia do Rio Grande do Sul (SARGS)
Av. Ipiranga 5311 sala 106 • Porto Alegre - RS • 90610-001
Telefone: (51) 3339.3581
sargs@sargs.org.br

Anuidade 2019

Desenvolvido por: www.pontoonline.com.br